Image Map

sábado, 24 de março de 2012

Eu tenho Hiperidrose

Sim eu tenho!

E pra quem não conhece a Hiperidrose é o suor excessivo, no meu caso é nas mãos e nos pés. E pra quem tem, sabe o quanto é desconfortável, principalmente no contato com as pessoas.
Evitava ao máximo tocar nelas, e quando estendiam a mão para um aperto de mão, eu tinha que rapidamente enxugar as mãos e tocava bem de leve, sabia que tinha certas pessoas que tinham nojo, meu irmãos principalmente sempre faziam cara de nojo quanto viam que minha mão estava pingando, e ela era molhada e gelada, era comum as pessoas falarem:"nossa parece que você ta morta, sua mão é muito gelada", não..não era engraçada, eu dava um risadinha, mas não achava nada engraçado.

Comecei a perceber que a minha mão era mais molhada que das outras crianças, na 7º serie, enquanto copiava a lição da losa, do nada minha mão começava a molhar e ia aumentando - e eu ia ficando nervosa - até chegar no ponto de pingar, igual uma torneira mal fechada, meu caderno ficava molhado, tinha que ir lavar a mão enxugar e depois voltar a copiar, as vezes de raiva nem terminava, depois pegada de alguma amiga.

Num sei porque, mas nunca comentei nada com meus pais, talvez por achar que aquilo era normal...pelo menos eu não achava anormal, e também por que não era o tempo todo que acontecia. E pelo que eu saiba isso vai aumentando com o tempo.

Só descobri realmente o que eu tinha, era hiperidrose, quando eu tinha o Orkut e gostava de fuçar comunidades, e acabei descobrindo uma que falava sobre a doença, e lendo os depoimentos das pessoas eu percebi que eu tinha também. A partir dai, sempre que as pessoas perguntavam sobre a minha mão ser gelada e por estar tão molhada, eu comentava e explicava o que era, eu ter descoberto o que eu tinha foi mais confortável pra mim e eu podia compartilhar, era como se eu fosse diferente, eu sabia de algo que as pessoas não sabiam, de alguma forma me sentia com vantagem.

Mas mesmo descobrindo o que eu tinha e que tinha cirurgia pra isso, eu não fiz nada, pois na época não tinha assistência medica e nem dinheiro para uma cirurgia, nessa época tinha uns 18 ou 19 anos.

Quando tinha uns 23 anos, fui na dermatologista pra ela analisar o meu caso e saber o que podia ser feito. E ela explicou que fora a cirurgia, tinha mais 2 maneiras de diminuir o suor, uma era aplicação de um produto em spray - não me lembro o que era, num sei se era acido - e esse produto era manipulado, e eu tinha que aplicar nas mãos e nos pés duas vezes ao dia, no meu caso não resolveu, na hora que aplicava era como um álcool, enxugava tudo, mas logo voltava. A outra maneira era aplicação de botóx no local, que eu não cheguei a experimentar.
E então depois disso deixei um pouco de lado, mas mesmo assim me incomodava, na escola, no trabalho...eu mexia o tempo todo com papeis. E mesmo com as pessoas ou dentro de um ônibus quando me segurava no ferro e minha mão começava a escorrer suor - era desagradável.

E nessa época eu trabalhava num escritório e tinha uma moça do financeiro, e numa conversa no horário de almoço descobri que ela tinha também, e fiquei interessada e contei que também tinha - compartilhamos experiencias -  e ela disse que tinha feito a cirurgia e como foi, qual é o medico dela, e nessa época tinha um pouco de medo da cirurgia, e ela me explicou tudo, no caso dela o suor foi pras costas. (Quando você faz uma cirurgia dessas, para cortar o suor das mãos, esse suor tem que sair por outro lugar e pode ir pra qualquer lugar do corpo, não tem como você saber antes da cirurgia).

E fiquei com aquilo na cabeça, em fazer ou não, quais os benefícios  se iria me ajudar mesmo ou não. E ela indicou o medico dela e marquei uma consulta só pra conversar com ele.
E assim ele me explicou tudo, como era a cirurgia, onde iria mexer, como seria a recuperação, e o que ele não sabia - sobre onde iria ser transferido meu suor, saí do consultório animada, cheguei em casa e contei tudo pra minha mãe, ela deixou nas minhas mãos, eu teria que decidir se iria fazer ou não. Mas mesmo assim só fui fazer a cirurgia um ano depois. Em janeiro desse ano. Após ter feito todos os exames.

A minha recuperação durou uns sete dias, fiz a cirurgia umas 7h da manha e no mesmo dia fui pro quarto, minha mãe estava comigo, e sai do hospital umas 18h da tarde, não precisa ficar muito tempo internada, mas  como a cirurgia acontece nas axilas, eu fiquei os sete dias sem conseguir levantar os braços, fica dolorido e tem dificuldade em respirar, mas em dois dias a respiração volta ao normal.


E a minha conclusão? Gostei de ter feito sim, valeu a pena! hoje posso pegar num papel que sei que não vai molhar, poder dar um aperto de mão bem forte em alguém, abraçar, pegar nas pessoas sem que elas
reclamem. Os meus pés continuam suando, mas diminuiu um pouco...bem pouco.

E como a minha ex-colega de trabalho, hoje meu suor foi pras costas, não é tão ruim, melhor que nas mãos. E eu não fico suando o tempo todo, só em dias muito quentes.

E pra quem tem Hiperidrose e se incomoda muito, eu recomendo procure um bom medico de confiança e veja se o seu caso é possível e precisa da cirurgia. Depois que fiz a cirurgia descobri mais umas trés pessoas que também tem, um deles é um primo.


Pode parecer algo besta para uma pessoa que não tem esse problema, mas para quem tem e deixar de ter esse suor é maravilhoso! É poder tocar o mundo sem medo.

Foto by: We heart it

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Me deixa um tantinho mais feliz. Deixa seu comentario!

Poderá também gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...